Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

Um dia... avó!



Passaram os anos...
Mas tu ficaste sempre do mesmo jeito.
Nesse teu jeito de mulher de fisionomia fraca,
mas de uma bondade e de generosidade fortissima.

Ontem, recordei-me
Das tardes em que me esperavas à beira do rio...
Das manhãs que me ensinaste a rezar o terço...
Das noites que partilhavamos a broa quente...

O teu olho azul,
ficará para sempre guardado no meu peito.
O teu jeito simples,
ficará para sempre preso na minha memória.
O teu sorriso,
ficará para sempre vivo dentro do meu ser.
A tua maneira,
De contar a minha falta de jeito para apanhar lenha,
ficará para sempre guardado no meu coração.

Porque ainda recordo
Os nossos últimos momentos juntos,
Onde rimos juntos;
Onde trocamos juras de presença;

Mas...

Tu partiste dessa forma
Simples e silenciosa...
Mas...

Um dia...
Juntos, de braços dados,
voltaremos a rezar o terço.
Um dia... avó!
Uma braçada amiga

5 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Janeiro 2008

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031