Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

Peça solta

puzzleheart.jpg

A verdade que nos interessa.
 
Não somos a opinião do outro.
E nunca seremos a imagem que têm de nós.
 
Não somos a vontade do outro.
E nunca seremos a solução para todos os seus problemas.
 
Não somos capazes de acreditar em tudo o que nos oferecem.
E nunca iremos aceitar que na vida não existem escolhas.
 
Não somos apenas o resultado das coisas más que vivemos.
E nunca seremos, só o resultado dos livros e das viagens que fizemos. 
 
Não há nenhuma razão para nos encontrarmos.
E no entanto, há tantas razões para nunca nos perdermos.
 
Mas hoje,
hoje é só esta a história que nos importa.
Cada um de nós é uma peça deste gigante puzzle que é a vida. 
E onde nem sempre todos se encaixam.

Qual escolhes?

malas.jpg

Se um dia tivesses de escolher o tamanho da mala vida como seria?
Grande?
Pequena?
Média?
Castanha?
Cinzenta?
Na verdade não importa muito o tamanho ou a cor da mala que decides levar, porque na verdade em qualquer uma delas não és tu quem escolhe o seu interior, já está escolhido!
É lá encontrarás sempre verbos, sentimentos que apesar de universais são diferentes para cada um de nós

Lutas. Perdes.
Insistes. Desistes.
Abandonas. Sentes.
Amas. Entregas.
Confias. Sofres.
Caminhas. Caís.
Escolhes. Decides.
Consequência. Solidão.
Alegria. Partilha.
Agir. Acção.
Palavra. Vontade.

Ser Pleno...

"Custa tanto ser uma pessoa plena, que muitos poucos são aqueles que têm a luz ou a coragem de pagar o preço...
É preciso abandonar por completo a busca da segurança e correr o risco de viver com os dois braços.
É preciso abraçar o mundo como um amante.
É preciso aceitar a dor como condição da existência.
É preciso cortejar a dúvida e a escuridão como preço do conhecimento.
É preciso ter uma vontade obstinada no conflito, mas também uma capacidade de aceitação total de cada consequência do viver e do morrer."

By Morres L. West

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Junho 2020

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930