Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

Há gente assim!

 "família" (Conjunto de todos os parentes de uma pessoa, e, principalmente, dos que moram com ela.)

 

Mas a família são tantas vezes as pessoas que nos acolhem nas suas vidas e acima de tudo nos seus corações. Pessoas que nos aceitam, para lá de todas as nossas virtudes e defeitos, das nossas escolhas e /ou renúncias, etc. São estas pessoas especiais porque dão sentido à vida dos outros e neles fazem brotar o sentimento de pertença.

 

É importante reconhecer quem são esses seres, pois as nossas vidas estão cheias de coisas fúteis e descartáveis. Que nem nos apercebemos destes anjos que caminham por entre nós. 

Nós!

istockphoto-456745017-612x612.jpg

Num caminho, que nem sempre foi fácil.
Numa descoberta, que nem sempre foi agradável.
Um sentimento, que nem sempre foi compreendido.
A verdade, é que nós tivemos a ousadia de ir mais além.
Pegámos nas nossas diferenças e criámos algo que era só nosso.
Criámos algo a que chamámos de família.
Passámos a chamar de nossos e a amá-los incondicionalmente.
Aqui vimo-los crescer sempre com o nosso apoio.
Ensinámos a alegria de pertencer.
Partilhámos a experiência adquirida.
Apontámos rumos e direcções.
Desfrutámos de verdade da companhia de cada um de nós.
Dividimos sonhos.
Delineámos projecto.
Celebrámos cada conquista.
Expusemos os nossos medos e inseguranças.
Experimentámos a felicidades da superação de obstáculos.
Dançámos sem vergonha do juízo alheio.

Nós soubemos criar histórias e fizemos a nossa própria história.

São o que são

pexels-photo-842339.jpeg

...são sentimentos reprimidos.
...são sonhos inacabados.
...são gestos indecisos.
...são medos desacreditados.
...são ambições inúteis.
...são fugas desesperadas.
...são pensamentos fúteis.
...são mentiras contadas.
...são momentos mal vividos.
...são palavras indiciosas.
...são ressentimentos perdidos.
...são verdades duvidosas.
...são modos diferentes.
...são hábitos invulgares.
...são necessidades congruentes.
...são formas de gostar.
...são atitudes desmedidas.
...são tudo em que acreditamos.
...são vontades imprecisas.
...são as pessoas que amamos.

O amor de uma vida!

2b0a41124c40427f585b3dc275fe2384.jpgEu não queria,
mas ela apareceu.
Não fui capaz de a contrariar,
e ela decidiu ficar.
Não fui capaz de lhe dizer "não",
e ela soube dizer "presente".
Não tive coragem para a afastar,
e ela teve a ousadia de se instalar.
Não soube eliminar o pensamento
e ela preenche-o.
Não existiu vontade de a bloquear
e ela teve o atrevimento de a escancarar.

E agora ficou a saudade da tua companhia, do teu sorriso,
do teu cheiro, do teu toque, do teu beijo.
Em suma, ficou presente o teu EU em mim!
Mas eu não queria...

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Maio 2024

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031
Em destaque no SAPO Blogs
pub