Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

Quebra as barreiras

broken-glass-in-the-dark-l.jpg

Sei que queres ter notícias minhas.
Saber a quem me dou,
com partilho as minhas gargalhadas,
o meu tempo.

Gostavas que te mostrasse os sonhos que realizei e os projetos que abracei.
Quem ficou e quem partiu.
Saberes como estão aqueles que te queriam bem.

Porém sei que te falta a coragem para perguntar.
É demasiado orgulho para ultrapassar.

São demasiados ses para contornar


Mas a verdade, é que ainda existe uma hora em que te perguntas por mim.
E que a resposta se faz de silêncio!

E ninguém sabe tanto de mim, como eu próprio.

Por isso, só existe um caminho...

Enche-te de coragem e pergunta! 

Aqui tu és...

tumblr_static_3ajpibybzo84wokkw8okcws44.jpg

Se cada vez que te chamo tu viesses...

Se cada vez que penso em ti tu aparecesses...

Se cada vez que sinto o teu cheiro te visse...

Se cada vez que tenho uma dúvida tu me elucidasses...

Se cada vez que tenho uma pergunta tu me desses resposta...

Se tu sentisses com a mesma intensidade aquilo que eu sinto...

Talvez percebesses, que és muito mais do que verbalizo.

Respira fundo e vai!

Há momentos em que a vida tende a mostrar-nos a sua dureza.
Onde sentimos que o chão nos fugiu debaixo dos pés.
Onde as perguntas sem resposta são ecoadas vezes sem conta.
Onde questionamos a “justiça divina” ou o mal que fizemos ao Ser supremo.
E somos invadidos pelo sentimento de injustiça que nos inquieta a mente e o coração.
Considerámo-nos os piores seres à face da terra.
Mas nada mais errado!
Que não nos engane o nosso ego ou a nossa mente.
Esta dureza pode ser encarada como uma enorme “dor de cabeça” ou podemos olhar para ela como uma oportunidade...
Sim, uma oportunidade!
Porque ela, a dureza, aproxima-nos da essência da vida. Onde o futuro continua a ser longínquo e apenas nos devemos focar no agora.
Onde um abraço, um beijo, um sorriso, um gesto de afecto, uma palavra, etc. terão um novo sabor.
Um doce sabor!
Um novo perfume percorrerá a nossa vida e na vida daqueles que nos rodeiam.
Porque na verdade, nenhuma dureza é demasiado forte ou demasiado resistente para que o AMOR não consiga vencer!
Porque por maior que seja a dor, a nossa revolta, a nossa incompreensão, etc.
Nada é maior que o AMOR!
Por isso, “take your time”, respira fundo e vai!
Mas vai com a convicção de que o AMOR tudo pode e tudo suporta!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Março 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31