Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

Infinitas possibilidades...

Há sempre uma incerteza disfarçada.

images.jpg

Há sempre um abraço escondido.
Há sempre uma dor camuflada.
Há sempre um olhar perdido.
 
Há sempre um beijo roubado.
Há sempre uma palavra por verbalizar.
Há sempre um coração sofrido.
Há sempre uma música por escutar.
 
Há sempre qualquer coisa...
Há sempre mais qualquer coisa...
Porque a vida é uma abundância infinita que nós teimamos em limitar.

 

Espiral de tempo

espiral-do-tempo-da-infinidade-17740884.jpg

Cada vida, uma infinidade de tempo.
Cada tempo, uma infinidade de horas.
Cada hora, uma infinidade de opções.
Cada opção, uma infinidade de consequências.
Cada consequência, uma infinidade de pensamentos.
Cada pensamento, uma infinidade de situações.
Cada situação, uma infinidade de palavras.
Mas a palavra, não tem mais infinidades do que aquela que quem diz pensa e aquele que escuta sente.
Por isso, que a nossa palavra seja Amor.
Porque o resto é infinito.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Maio 2024

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031
Em destaque no SAPO Blogs
pub