Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

passar ao próximo nível!

Fujo.
Do que não acredito.
Do que não me satisfaz.
Com o que não me identifico.

Fujo.
Da necessidade de agradar a todos.
Da vontade de fazer sempre tudo bem.
Da carência física.

Fujo.
Por consciência.
Por amor.
Por escolha.

Fujo.
Porque me obrigo a estar conscientemente presente em todos os momentos.
Fujo.
não por me achar melhor do que alguém. Mas sim na escolha humilde de quem sabe que existem palavras, pensamentos, que não quero mais para mim.

Fujo.
Não porque é o mais fácil. Porque a voz de dentro, às vezes é muito dura.
Fujo.
Porque decidi e decido em cada momento, que o que mais importa é...

 

Onde?

tumblr_lubbhks7I81qcsdtvo1_500.jpg

Ai se te falta a coragem...

Onde ficariam os sonhos que tens em ti?
Onde existiria a felicidade de partilhar?
Onde coabitaria a força do abraço?
Onde brotaria a sinceridade do teu perdão?
Onde poderiamos encontrar a tua entrega e disponibilidade?
Onde estaria o teu amor?
Onde viveria o teu exemplo? A tua frontalidade? A tua aceitação?

Por isso te peço, que mesmo quando tens e sentes dificuldade em ver o melhor lado das situações, que tenhas a coragem de acreditar. Porque tantas vezes é só isso que precisamos de sentir, que alguém acredita!

E acreditar exige coragem!

 

Estranha realidade...

10razoes-erradas-para-namorar-620x413.jpg

Somos demasiadas vezes confrontados, quer exterior quer interiormente, por um sentimento, por uma pressão, de um lógica mundana e de um dedo acusador. Porque nos colocámos acima de tudo e de todos. Porque fomos capazes de nos escolher e de nos amarmos em primeiro lugar.
Mas o mundo acha que é egoísmo.
Que é uma decisão errada.
O mundo, o mesmo que festeja connosco o sucesso e se esquece de nós no insucesso.
O mundo, que aponta e julga mas que é feito de telhados de vidro.
O mundo, que te diz "sê resiliente" mas que nisso vê "teimosia".
Só que nem sempre o mundo está certo e nós errados.
E muitas vezes, fazemos as coisas erradas mas pelos motivos certos.
E essa é a beleza da vida humana.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Maio 2024

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031
Em destaque no SAPO Blogs
pub