Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

Ainda não acabei....

idosos-amor.jpg

Vivi anos ao teu lado e ainda assim não foram suficientes.
Sussurei-te em cada amanhecer o quão grato eu era por acordar ao teu lado. E em cada beijo que te dava, colocava em silêncio o meu mundo. Pois sem ti ele não existia. Tu eras a sua guardiã!
Cada sorriso teu, iluminava cada sombra minha.
E as minhas dúvidas, tu transformaste em certezas.
Fizeste dos nossos sonhos, realidade.
E de mim o homem mais feliz do mundo.
Só tu me bastavas!
Só tu sabias que do alto da minha teimosia, eu era (e sou) um coração mole.
E quando tudo em mim era caos. Tu chegavas e em silêncio dizias-me: "Estou aqui"!
Abracei-te várias vezes com a vontade que o tempo parasse.
Mas ele nunca parou.
E levou-te de mim!
E eu ainda hoje espero que a porta se abra e me digas "já cheguei!"
Porque afinal eu ainda não acabei de te amar...

Estranha realidade...

10razoes-erradas-para-namorar-620x413.jpg

Somos demasiadas vezes confrontados, quer exterior quer interiormente, por um sentimento, por uma pressão, de um lógica mundana e de um dedo acusador. Porque nos colocámos acima de tudo e de todos. Porque fomos capazes de nos escolher e de nos amarmos em primeiro lugar.
Mas o mundo acha que é egoísmo.
Que é uma decisão errada.
O mundo, o mesmo que festeja connosco o sucesso e se esquece de nós no insucesso.
O mundo, que aponta e julga mas que é feito de telhados de vidro.
O mundo, que te diz "sê resiliente" mas que nisso vê "teimosia".
Só que nem sempre o mundo está certo e nós errados.
E muitas vezes, fazemos as coisas erradas mas pelos motivos certos.
E essa é a beleza da vida humana.

 

Entrega-te!

images.jpg

São muitas as vezes que nos dizem que a vida é feita de
vitórias e de derrotas;
de chegadas e de partidas;
de lágrimas e de sorrisos;
de muitas decisões e de uma infinidade de consequências;
de alguns amigos verdadeiros e de muitos falsos conhecidos;
de gente que nos ama tal como somos e de uma inveja em ser como nós.
Que todos nos apoiam quando estamos na "crista da onda", mas que poucos nos ajudam a erguer.
Que amar magoa mas que não querer ser amado dói ainda mais.
Que o medo nos coloca amarras e que o amor nos faz ganhar "asas".
Que existem caminhos sinuosos onde apenas a coragem e ousadia são companheiros de viagem.
Que a injustiça não é coisa do passado, mas que é algo presente no coração do Homem.

Porém aquilo que nunca nos disseram ou ensinaram,
é que na vida não é mais feliz aquele que possui todas as riquezas do mundo,
mas antes aquele que sabendo da sua limitação se oferece ao outro para o fazer ser mais.
E é por isso, que a sociedade nos "cria" consumistas e a vida nos educa na entrega.

Porque afinal, onde estiver o nosso coração, ai está o nosso tesouro.

 

Para lá de tudo...

encher-a-bola-do-outr.jpg

Damo-nos ao outro sem grandes reservas.
Deixamos que entre. Que encontre. Que se faça uno. Que acrescente um pouco ao muito que nos falta. Que caminhe connosco. Que nos faça ver para lá desta nossa limitação humana. Que nos ensine a amar. A partilhar a dor que um dia possamos sentir.
Sem receios. Sem medos. Sem condições. É de uma forma consciente que o fazemos. É um passo certo este que damos. É ousar. É confiar. Mas acima de tudo, é acreditar.
E existe em nós a vontade que tudo possa dar certo. Que seja O ser que tantas vezes sonhámos.
É por esta desagradável verdade que um dia nos sentimos rasgados por dentro de cima a baixo.
Como se tivéssemos sido cortados por uma espada e atropelados por um camião.
Caímos de joelhos e com a expectativa por terra. E somos invadidos por uma necessidade de isolamento.
Compreendemos a dureza do coração humano. E a verdade de que o Mundo não pára à nossa espera.
Onde apenas os fortes são recordados e os fracos são esquecidos. Aí percebemos de que lado da história queremos estar.
Porque por muito que nos custe admitir, é na dor que se revela o verdadeiro carácter e a coragem. E na alegria, a generosidade e a expectativa. 

Por agora...

tumblr_oeec3qtZpL1t7ubqmo1_500.jpg

De repente tudo acabou...
Foram anos de um casamento.
De um projeto.
De uma família.
De um sonho.
Que de um momento para o outro termina.

Fiquei sem o chão que me sustentava.
Sem o abraço que me protegia.
Sem o corpo que conhecia de cór.
Sem o sorriso que me enchia a alma.
Porque de repente tudo acabou...

Onde foi que falhei?
Onde foi que falhaste?
Onde foi que falhámos?
Simplesmente não sei.
Só sei que terminou.

E agora?
Todos me dizem, que existe vida para lá disto. Que algo melhor me está reservado. Que novos sonhos irão acontecer!
Mas que vida? Se a minha vida era contigo.
Melhor? Tu eras a melhor.
Novos sonhos? Mas tu és o meu melhor sonho.
Mas de repente tudo acabou.

Talvez um dia volte a amar.
Talvez um dia volte a sonhar.
Talvez um dia me volte a entregar.
Mas por agora, só te quero a ti.

 

Eu espero!

a5b697941271d0a3ae16712f21264ac0.jpg

"Espera por mim!"
Foi o último pedido que me fizeste antes de me deixares.
Onde não houve perguntas, nem preocupações.
Onde não houve medo nem um simples "mas".
Onde não existiu uma exigência, nem uma obrigação.

"Sim, eu espero!"
Foi a única coisa que fui capaz de te dizer.
Não porque ficasse bem ou porque a situação assim o exigia.
Até porque sabia e sei, que só podemos prometer aquilo que somos capazes de cumprir.
A verdade, é que em mim, existe a certeza que este coração bate por ti.
Que tu és o principal motivo do meu sorriso.
O meu porto de abrigo.
A minha força nos momentos de fraqueza.
A estrela que brilha mais forte quando olho o firmamento.

E passado este tempo, aqui estou à tua espera, conforme te prometi naquele dia.

Das pequenas coisas

9407e042ccba467b7fbdba0fdab9b906.jpg

Amar
não pode ser uma questão de sorte.
Nem tão pouco uma questão de timing.

Amar
Será sempre uma questão de sentir, de escolher, de querer.
Porque amar,
implica sentirmo-nos unos,
de saber que a fidelidade se escolhe e que abraçar quem nos ama é sem sombra de dúvidas, a nossa maior segurança.

Podemos achar que amar é fácil, que o Amor é coisa passageira.
Porém é mentira!
Porque o que torna este sentimento fácil e corriqueiro, é a necessidade humana de o banalizar, de o quantificar, de o comparar.

Mas para se amar, é preciso entender o que é o sentir.
O que significa viver e partilhar.
Porque na vida, aquele que não for fiel nas pequenas coisas, nunca será nas grandes!
E amar é o deus das pequenas coisas.

Levanta-te e anda!

1.jpg

Disseram-me que devia ser feliz e seguir sempre o meu coração!
E eu assim fiz.
Compreendi então que a minha bondade e generosidade era usada por outros que me tomavam por "tolo"!
A constatação foi de uma dureza brutal!

Disseram-me então, que devia ser mais racional! Pensar antes de agir.
E eu assim fiz.
Mas percebi que o racional me tornava mais frio e a frieza gerava afastamento!
E eu não queria, mas não conseguia evitar.
Foi duro!

Convenci-me de que sozinho me conseguiria proteger melhor. E porém era quando me abria ao outro, que me sentia realizado.
Foi estranho!

Sempre me segredaram que o melhor estava para vir, mesmo que eu não acreditasse, mesmo que nesse momento eu achasse que aquela pessoa era o melhor para mim.
O tempo mostrou-me que eu estava errado! E que há sempre alguém melhor que nos espera!
Foi reconfortante!

E por isso, hoje digo:
A vida não está no que se diz, mas no que se vive. E para se viver de verdade é preciso amar, sofrer, chorar e perdoar. Porque não é a queda que nos define, mas a forma como nos erguemos e voltamos a amar.

Ser diferente!

tumblr_nkz6xyFX7k1u6e62po1_500.png

 "Quanto tempo tens?"
"Quando podemos falar?"
"Onde vais?"
"Já vais?"

São expressões/perguntas que fazemos diariamente.
Porque tudo na nossa vida é uma questão de tempo.
Tempo de crescer.
Tempo de semear.
Tempo de esperar.
Tempo e mais tempo...

E onde está o tempo para nós?
Para as nossas coisas?
Para os que amamos?
Para os que nos amam?

Onde está?

Depois não vale chorar ou desejar voltar atrás.
De nada servirão os arrependimentos ou as promessas de mudança.

Basta!
Porque este é O tempo!
O nosso tempo!
É tempo de amar sem pressas ou facilitismos.
Tempo de sonhar e concretizar.
Tempo de estar e fazer acontecer.

É tempo de sermos diferentes!

Conjuga comigo!

tumblr_lqjk70h9Fl1qez5xmo1_500.jpgAmar
pode ser um verbo simples e regular, mas de uma vivência complexa e revigorizante.
De gestos simples mas com uma enorme intensidade.
De palavras sinceras mas marcantes.
De loucas promessas mas que nos faz capazes de as materializar.
De sorrisos "parvos" e de "borboletas" na barriga.
De sonhos impossíveis mas que perdem o "im" e passam a possíveis.
De distâncias que se encurtam e de minutos que "voam".
De cheiros que perduram e de toques que seguram.
De silêncios que falam e de olhares cúmplices.
De abraços reconfortantes e de partilhas sinceras.

E tudo isto é amar... e o resto também!

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Março 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31