Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

Infinitas possibilidades...

Há sempre uma incerteza disfarçada.

images.jpg

Há sempre um abraço escondido.
Há sempre uma dor camuflada.
Há sempre um olhar perdido.
 
Há sempre um beijo roubado.
Há sempre uma palavra por verbalizar.
Há sempre um coração sofrido.
Há sempre uma música por escutar.
 
Há sempre qualquer coisa...
Há sempre mais qualquer coisa...
Porque a vida é uma abundância infinita que nós teimamos em limitar.

 

Momentos...

9e70a3e3bc15a20b2c032f640a260747.jpg

"O que posso eu fazer por ti?" perguntaste tu.
E a minha resposta automática foi "nada, obrigado!"
Mas, não era a verdadeira...
Porque aquilo que eu precisava que fizesses por mim, é que me desses um abraço!
Um bem apertado e sentido.
Mas, tive medo de mostrar a minha vulnerabilidade.
E permiti que fosses embora...

Para onde vamos?

É esta a pergunta que tantas vezes ecoa dentro de mim.

tumblr_lsmcd4YF3l1qb32qfo1_500.jpg

Dizem-nos que estamos a fazer algo por um bem maior.
Vemos uma civilização que está a entrar em colapso.
Sentimos que a vida se escapa por entre os dedos.
Não podemos abraçar os que amamos e deles nos vemos privados.
Até a despedida é feita no silêncio e no distanciamento.
 
O que ficará depois disto?
Como será o que virá?
 
Mas é um caminho que não tem volta.
É um caminho de sentido único.
E é indo que sabemos.
Na certeza porém que não voltaremos a ser os mesmos, depois disto tudo!

 

Isso basta-te!

images (2).jfif

Há um mundo lá fora que te chama!
Que te impele a ir!
Que te inunda de propostas!
Que te oferece uma variedade de opções!
 
Há um mundo lá fora que te chama!
Que te segreda "tens de ir"!
Que te impulsiona a descobrir!
Que te seduz a conhecer!
 
Mas há mundo maior dentro de ti por descobrir!
Onde não existe o dedo que acusa.
O pensamento que rotula.
A palavra que ofende.
 
Nesse mundo és tu! 
Na tua essência, na tua verdade, na tua singularidade.
Não tenhas medo de estar contigo!
 
Porque o que os outros não sabem nem imaginam, 
é que tu és inteiro na tua particularidade!
 
E isso...

 

Quanto?

we-love-it-gveevian-tumblr.jpg

Quanto custa o teu abraço?
O teu tempo?
O teu amor?
A tua sinceridade?
A tua fidelidade?
A tua palavra?
A tua entrega?
A tua amizade?
A tua resposta?
O teu silêncio?
O teu sorriso?
O teu afecto?
Diz-me.
Porque eu estou disposto a pagar.

Pois sei, que é mais feliz aquele que dá do que aquele que recebe.
E por ti...
Eu dar-me-ei.

 

Fora do plano!

the-girl-sitting-in-the-bench-sadly.jpg

Disseram-me que amar podia fazer sofrer. Mas ainda assim, eu decidi amar.
Que a saudade podia ser sentida com tamanha intensidade que poderia perder o ar. Mas ainda assim, eu permiti-me sentir.
Que a lágrima nem sempre seria de alegria. E que quem parte nem sempre regressa. Mas ainda assim, eu quis viver.
Que a distância nem sempre significa esquecimento. E que nem sempre faremos as escolhas mais acertadas. Mas ainda assim, eu optei.
Que muitas vezes eu iria cair e que algumas quedas seriam mais duras que outras. Mas ainda assim, eu quis-me entregar.
Mas quando me disseram que um dia te podia perder.

Ai percebi que a minha vida também se iria perder.

Pois eu deixaria de ouvir o som da tua voz, o toque da tua mão, o cheiro da tua pele.

E isso, eu não consigo!

Cumplicidade!

agradecimento-de-filho-para-o-pai-1.jpg

Ela não disse nada!
E ele apenas a olhou, sem que o seu olhar a fizesse de vitima e sem saber o que lhe haveria dizer.
E os seus corpos, quase que numa reacção natural, decidiram-se abraçar.
Mas aquele não era um abraço qualquer...
Era um abraço de sofrimento e de coragem;
De cumplicidade e de união;
De amor e de gratidão;
De fragilidade e de fé!
Era um abraço de quem sabia que por maior que fosse a dureza da noticia, só existia um caminho...
O caminho que juntos iriam percorrer.
O caminho em que só o Amor se faz presença. Porque afinal, desde sempre souberam que desistir ou queixarem-se, não era a solução!
Que por mais injusta que fosse a situação,
por mais revolta que se pudesse sentir,
porque só existe uma fórmula de o vencer:
de sorriso no rosto e fé no coração!

 

E é assim!

14666239_10206915086183070_6670084044528895769_n.jRecebi-te de braços abertos,
com um sorriso no rosto
e com o olhar brilhante.

Enchi-me de esperança,
onde o medo foi dando lugar ao amor
e aos poucos este amor ia transformando-me.

Rasguei velhos hábitos e pensamentos,
Novas rotinas e palavras surgiram
E eu era um homem novo.

O tempo passou a ser eterno ao teu lado,
as conversas infindáveis.
E o desejo... o desejo era crescente!

Mas houve um dia em que me fizeste rebentar de dentro para fora.
E em cacos, foi como o meu novo eu ficou!

Não houve tempo para fazer luto,
nem tão pouco para olhar para trás.
As palavras de ordem passaram a ser: reerguer e reconstruir!

E hoje...
Hoje, sou aquilo que de melhor sei ser: inteiro!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Julho 2024

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031
Em destaque no SAPO Blogs
pub