Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

Existe sempre um Mas...


Não me assusta a solidão.
Mas assusta-me, a presença insignificante.

Não me assustam as lágrimas que caem e que são sinceras.
Mas assustam-me, os sorrisos cínicos e falsos.

Não me assusta a dor.
Mas assusta-me, a alegria fantasiada.

Não me assusta perder.
Mas assusta-me, a ganância de ganhar.

Não me assustam os inimigos.
Mas assusta-me, os falsos amigos.

Não me assusta o silêncio.
Mas assustam-me, as palavras não sentidas.

Não me assustam as dificuldades.
Assusta-me mais a falta de respeito.

Não me assusta a pobreza.
Mas assusta-me, a falsa modéstia.

Não me assusta a dureza do caminho.
Mas assusta-me, o relativismo do percurso.

Não me assusta a morte.
Assusta-me mais a hipocrisia em vida.

Não me assusta o esquecimento.
Mas assusta-me, ter uma mão cheia de nada.

Não me assustam as partidas.
Mas assustam-me, os encontros forçados.

Uma braçada amiga

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Julho 2009

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031