Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

Apenas ir...


Ando naquela fase em que acho que todos devíamos ser suficientemente livres para fazermos tudo quanto fosse de nossa vontade.
Acho que ninguém devia ter amarras tão apertadas, responsabilidades tão grandes, ideais tão exigentes que não nos permitem, de um momento para o outro, largar tudo e partir em busca de um novo sonho.
O sonho podia nem ser nosso, podia ainda não existir, mas a existência de vontade já devia ser suficiente para nos fazer partir.
Ir em busca de trazer o que ainda não procurámos, o que ainda,talvez, nem sabemos que existe.
Mas ir.
Acho que ninguém devia ter competência tal, família tal, um código ético de tal forma restrito que não lhe permite ser capaz de parar o mundo e de o fazer girar duas vezes sobre si mesmo, quando apetece.
Porque apetece.
Como me apetece hoje.
Certo é que se a vontade contasse a esta hora não estaria aqui a escrever estas linhas.
E ao invés disso...
Talvez estivesse a correr atrás daquilo que o meu coração hoje pede.
Porque amanhã a vontade poderá ser outra.


Um abraço

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Novembro 2009

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930