Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

Ao que te obrigam...


Querido pai natal, não te vou pedir nada, não te vou dizer se me portei bem ou mal, não te vou obrigar a passares lá pela chaminé de casa para a limpares, nem para colocares um presente na minha meia de natal que está com um cheiro a mofo... (Nossa Senhora... que cheiro!...)

Não te vou pedir nada disso.

Pelo contrário, estou a escrever-te para te dizer que estou chocado...

Com as coisas que te obrigam a fazer...

Obrigam-te a entrares pela janelas, quando estão fechadas...

Obrigam-te a estares ali pendurado ao sabor do vento, da chuva, do sol, dia e noite... ( Já não existe respeito pelas tuas barbas brancas...)

Obrigam-te a estar naquela situação mais de um mês...

Obrigam-te a tirares fotos com «mães natais» tão jeitosas e tu um velhinho e barrigudo... (será que te oferecem ao menos um comprimidinho azul???)

Obrigam-te a estar ali horas a fio, a tirar fotos num centro comercial...

Até já colocam um africano a imitar-te... (como é que é possível?!?! Tu que és da Lapónia...)

Estou chocado querido pai natal!

E tu, já reparaste na «foleirice» que as janelas dos prédios se tornaram???

AH!Estou a ver, é um concurso, dizes tu... - A Janela mais foleira! (estou a ver... «O drama! O horror!...», o Arturzinho voltou?!?!?!)

Sabes, pai natal, perguntou-me será que colocar estas luzes horríveis a piscar o ano inteiro não saía mais barato, do que ter um alarme daquelas companhias que demoram mais de 2h para chegar à nossa casa!?!

Afinal, o ladrão ao olhar para uma janela daquela pensa logo...« Aquela casa tem uma janela tão foleira, nem quero imaginar o interior. Não compensa o esforço, a dedicação...»

Querido pai natal, só me resta dizer-te se quiseres passar lá por casa para descansares, diz qualquer coisa. Caso queiras encontrar um refugio para descansares, diz-me pois eu conheço um sítio para pessoas idosas que se chama «Pertinho do céu!» (estás a perceber... Idosos- pertinho do céu... Tudo a ver!).

Uma braçada amiga, pai natal.

P.s. «Pertinho do céu» existe na realidade, é um lar de 3ª idade, não é nenhuma invenção.

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Dezembro 2006

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31