Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

Anjo triste

Que dor é esta que não se cala?

Que dor é esta que não me mata,
mas que me destrói.
Que o sorriso disfarça,
mas que o coração sente.
Que dor é esta?
que é capaz de me encher de coragem
e capaz de me prostrar por chão?
Que dor é está?
Que me queima o coração,
e me destrói a alma.
Que não tem hora, nem espaço.
Desaparece por momentos e dura dias.
Que mergulha a minha vida neste caos e nesta desordem.
Que dor é esta?
Que ninguém vê,
mas que sinto dentro de mim.
Que me arrasta para esta noite
onde ela é rainha e senhora...

QUE DOR É ESTA QUE NÃO SE CALA?

Será raiva?
Será tristeza?
Será vergonha?
Será medo?
Será solidão?

Não sei,
só sei que esta dor,
me está a consumir e a matar!
Que ela me faz desejar o mais absurdo!
Que me fere cada vez mais fundo...

Que dor é esta que não se cala?

Uma braçada amiga

16 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Janeiro 2008

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031