Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

A carta que eu nunca escrevi...

É verdade!
Eu nunca escrevi uma carta ao Pai Natal...
Mas acho que ainda vou a tempo de viver este sonho, de escrever a um homem que carrega em si mesmo a maior máxima, a de que sejamos felizes, na hora de dar...


Não lhe direi, que me portei bem ou mal, porque houve momentos de ambos...
Não lhe vou pedir uma longa lista, porque algumas prendas já me foram oferecidas...


Vou-lhe pedir uma.


Apenas e só uma!
Não, não será daquelas de paz para o Mundo, de amor, etc... Porque isso é o desejo de todos os seres humanos com valores.



Mas hoje, quero-te pedir uma coisa, só uma...



Pode ser Pai Natal?

Uma braçada amiga

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Dezembro 2008

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031