Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

Arrisca!

MEDd886972d3a2a7adcfccb80753d6d0db2.jpg

Assusta-nos o desconhecido. A mudança. A solidão. O não se ser reconhecido.

Assusta-nos encontros profundos. Expor-nos. Abrir mão do que somos. De sermos enganados.

Assusta-nos a conversa com o nosso Eu. A aceitação do que não conhecemos. A entrega total.

Assusta-nos a obrigação. O reconhecimento. O dogma. O Amor.

Assusta-nos a morte lenta. A vida fugaz. A partida e a chegada.

Assusta-nos confiar. Acreditar. Defender o que pensamos.

Assusta-nos o falar para os outros. O nosso silêncio. As palavras e os gestos.

Assusta-nos o julgamento do outro. A crítica. A maldade. O sofrimento.

Assusta-nos a vida que pede para ser vivida por e em amor.

E é o medo que nos atrofia. É preciso compreender que para vivermos em plenitude, temos que sair da nossa zona de conforto. Pois é desse lado que tudo acontece.
                    

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Dezembro 2017

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31