Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

Fui!

e7a0c634465bea05ab4d739c943dab41.jpgHouve um dia em que decidi ir!
Embora não conhecendo o passo à frente,
sabia com exactidão o que existia no passo atrás.

O meu ego apelava para que ficasse,
mas o meu amor próprio segredava-me que merecia melhor.

E eu tinha uma vontade gigante de recuar, de dar o passo atrás.
De não sair do meu conforto.
Daquilo que conhecia.
E embora não fosse satisfatório nem totalizante, era seguro.
Eu sabia como era e só tinha de me adaptar!
 
Mas também sabia, que nunca fui e não serei,
pessoa de me assustar com o tamanho da onda.
Que não tenho que me anular para que o outro exista,
porque isso não é amar, é antes cobardia.
Se o amanhã era incerto, movia-me a vontade de o conhecer,
de viver o que me esperava.

E a lágrima deu lugar ao sorriso.
O medo deu lugar à determinação.

E foi assim que fui...
Determinado!

 

É chegada a hora!

tumblr_lj5mxnfaan1qhmfr9o1_500.jpgPassei meses,
com o desejo de te tocar.
Contei horas,
na ânsia de te ver.
Esperei minutos
com vontade de te beijar.

E a Primavera deu lugar ao Verão
assim como o sol deu lugar à chuva.
E de ti nem sinal!
Foi então que percebi, que era o momento de ir.
Mas sem olhar para trás,
sem peso da culpa ou com a expectativa do "se".
Ir liberto do remorso e da culpa fácil.
Caminhar na plenitude do meu ser e da minha essência.
Mas ir com determinação e sem aflição.
E eu fui...

 

Apenas tu!

tumblr_static_tumblr_static__640.jpgQuero-te de um jeito só meu!
Numa história, que tem um início, mas que não terá um fim.
Onde errar é humanamente suportável porque existe o Amor para desculpar.
E é sonhando que percorro cada dia da nossa existência.

 

Quero-te de um jeito só meu!
Numa cumplicidade que só o olhar compreende.
Onde o som da tua gargalhada preenche o vazio do meu dia.
E a vontade de estar contigo é mais forte do que tudo o resto!

 

É a tua vez de jogares!

66y8irg2ltx4llqxkgodd6x2l.jpgA vida é este eterno jogo de xadrez, onde umas vezes somos meros peões e outras vezes Reis e Rainhas, onde as nossas decisões têm o poder de te levar para fora do tabuleiro ou simplesmente a um check mate.

E percebemos que a vida é, e será, este eterno ciclo, onde os papéis se invertem sem existir uma vontade expressa da nossa parte. Mas que não tenhamos a menor dúvida, um dia o tabuleiro vira...

E aquilo que criticamos, acabamos por fazer igual.
Por isso, cuidado com a forma como jogas...

Porque é preciso manter a mesma postura quando ganhas e quando perdes.

 

Sabor amargo!

citrus.jpg

Amo gente que sabe exigir aos outros aquilo que elas não fazem.


Que sabem criticar e julgar os outros e elas não são melhores.


Que se acham sempre superiores e acabam tantas vezes por ser o contrário.


Que todos lhe devem uma explicação menos elas.


Que cobram sempre mas nunca tem obrigação de nada...


Obrigado por me abrires os olhos e por este amargo de boca!

 

Não devia ser assim. Mas é!

tumblr_lxyo2zR4RI1qedl80o1_500.jpgE havia uma alegria em te pertencer e uma vontade única de te ver;
um abraço de segurança e um olhar para te compreender;
um tempo intemporal e um sentimento indefinido;
um cheiro teu num corpo meu e uma forma de te reconhecer sem te ver;

 

E parecia que a vida mudava de passo e o beijo ganhava outro sabor;
o sonho ficou concreto e a paixão preenchia cada momento;
o cinzento dos dias passaram para horas de arco-íris;
o primeiro pensamento do dia eras tu e o último também.

 

E ainda assim,
O medo apoderou-se de mim...

 

Conjuga comigo!

tumblr_lqjk70h9Fl1qez5xmo1_500.jpgAmar
pode ser um verbo simples e regular, mas de uma vivência complexa e revigorizante.
De gestos simples mas com uma enorme intensidade.
De palavras sinceras mas marcantes.
De loucas promessas mas que nos faz capazes de as materializar.
De sorrisos "parvos" e de "borboletas" na barriga.
De sonhos impossíveis mas que perdem o "im" e passam a possíveis.
De distâncias que se encurtam e de minutos que "voam".
De cheiros que perduram e de toques que seguram.
De silêncios que falam e de olhares cúmplices.
De abraços reconfortantes e de partilhas sinceras.

E tudo isto é amar... e o resto também!

 

 

Por onde vim

tumblr_m9yoyhEMKA1qlzvnlo1_500.jpgSão recordações que se guardam.
São momentos que se colecionam.
São histórias que se amontoam.

São as opções que fizemos.
São as lágrimas que derramámos.
São os abraços que demos.

É este o caminho que percorri até ao hoje.
É esta a construção do homem que sou.
É aqui que compreendo, que não foi fácil mas que cheguei.

E agora?
O que me reserva o futuro?
Que decisões me esperam?

Na verdade não me interessa.
Porque as gavetas do meu ser estão organizadas com o essencial e vazias de coisas supérfluas.
Porque ao meu redor caminham aqueles em quem confio.
E o sol brilha intensamente!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Novembro 2016

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930