Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

Demasiadas vezes...

Demasiadas vezes, sentimos a vontade de "bater com a porta".
De simplesmente mudar....
Seja de vida, de amigos e conhecidos;
Seja de cidade ou de país.
Simplesmente mudar.
Começar do zero...

Demasiadas vezes,
este desejo esconde uma fuga maior...
A fuga de nós próprios...
Das nossas escolhas, mas acima de tudo, das suas consequências...
Sim, achamos mais fácil fugir do que aceitar e aprender.

Demasiadas vezes, aceitar que errámos, é complicado...
Demasiadas vezes, olhar para nós como responsáveis, dessas consequências, é duro...
Demasiadas vezes, estamos fechados numa redoma, cheia de juízos e preconceitos, onde somos senhores do nada e de verdadezinhas de "paz podre".

Na verdade, fugir é fácil...
A verdade revela-se na dureza e na aceitação da nossa frágil humanidade.
Não é preciso "construir" um novo Eu, fora do "nosso mundo".
Basta apenas "construir" um novo eu, NO "nosso mundo".
"Limpar" o nosso ser em Verdade e de Verdade,
para que tudo mude.
Para que tudo seja diferente...
Diferente porque as minhas escolhas passarão a ter o selo do Amor.

E o Amor...
O Amor...
Não julga...
Não condena...
Não critica...
Sofre em silêncio...
É benevolente...

E quando isso acontecer,
Não iremos fugir...
Não desejaremos desaparecer...
Mas queremos ficar...
Queremos simplesmente estar...
E isso acontecerá demasiadas vezes...
Quando aprendermos a estar apaixonados pela nossa vida e por tudo o que ela nos oferece.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Janeiro 2014

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031