Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

Quando o tapete te sai debaixo...

Cada um nós carrega em si umaquantidade infindável de sonhos, de projectos. 
Seja o sonho de concluir umcurso superior;
Seja o projecto deconstituir família;
Seja o sonho de viajar econhecer o Mundo;
Seja o projecto de comprar umobjecto;
Etc.
Todos elessão legítimos e verdadeiros, porque são sonhados com muito amor edeterminação.

Mas e quando somos obrigados asimplesmente arruma-los porque a vida as opções de outros nos obrigam abdicardeles...

É isso justo?

Quem tem tamanho poder, parapedir tal coisa?

Ninguém.

Mas a verdade é que tantas seabdica não por cobardia mas por Amor. Tantas vezes se esquece dos sonhos, dosprojectos, não porque não tenhamos a capacidade, mas porque as circunstânciasnos impelem a fazê-lo.

É isso correto?

Não sei responder. Não seisequer se é isso aquilo a que chamam "racionalidade". Apenas sei quesempre que abdicamos, seja porque motivo for, é como se o tapete debaixo dosnossos pés, nos fosse retirado.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Maio 2013

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031