Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"aqui TUDO é mais forte "

tumblr_llwhaeEs5u1qzamioo1_1280_large.jpgConfesso que me assusta, quando paro e penso na minha vida...

E assusto-me porque hoje tenho a consciência que tudo nela é passageiro e efémero.

Apesar de algumas dessas coisas terem sido grandes sonhos ou até mesmo grandes desafios... Existiram momentos mágicos e momentos tristes...

Rasgos de dor e de felicidade...

Mas todos, todos eles passaram, e não voltaram a acontecer, pelo menos com os mesmos protagonistas e naquele espaço...

Hoje sei que na história da minha vida, cada momento, cada decisão, cada uma das coisas que me aconteceram tiveram que acontecer naquele momento...

E mesmo quando sinto saudades de alguém ou de algum momento, isso é apenas um sinal que esse alguém/momento foi marcante e muito especial...

Mas não vai voltar a acontecer.

Porquê?

Porque já passou...

E a nossa vida é isso mesmo, a congregação desses momentos todos, mas que já não voltam, por muito que se possa querer ou desejar...

E compreender isto, não é uma questão de medo, nem se quer se trata de uma questão de orgulho. Trata-se apenas de compreender e aceitar que a vida não te dá a possibilidade de voltar atrás e reescrever o que pensámos que ficou incompleto.

Não!

No livro da nossa vida, cada momento tem um início e um fim.

Cada momento é único e irrepetível, por muito que não se concorde... Por muito que nos possa doer esta realidade... Apenas existe uma certeza...

“Tudo passa...”

E no dia em que percebermos isso, as nossas vidas deixarão de ser povoadas e recheadas por “ses”; “talvezes”; “mas”; etc.
E no seu lugar existirá apenas SIM ou NÃO!

Porque estas são as respostas que definem aquilo que estamos dispostos a viver sem condições, sem regras, sem lógica. Numa entrega total e desmedida...
E se doer?
Se doer é porque a nossa entrega foi total e verdadeira a esse momento ou a esse alguém...
Mas irá passar...

 

Porque afinal TUDO PASSA!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Abril 2008

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930