Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

Dados viciados...


São dados viciados
estes que atiras para cima da mesa...
São pedestais fragéis
estes onde te colocas...
São passos maiores
do que aqueles que tu podes dar...
São decisões erradas
aquelas que acumulas como se fossem medalhas...
São falsos amigos
aqueles que te rodeiam e se aproveitam...
São desilusões constantes
aquelas que provocas...
São perguntas
que te fazem e que não obtens resposta...
São caminhos estranhos
os que tu nos indicas...
São propostas vazias
aquelas que nos apresentas...
São palavras
sem significado estas que nos dizes...
São gestos
sem verdade estes que fazes...
Uma braçada amiga

Existe uma certa mágia...



Confesso que existe uma certa mágia,
quando alguém a falar ao telemóvel diz com aquele ar de apaixonada:

"Amor, sentes que estou a fumar?!?! Sentes?!?!"

Eu acho isto muito profundo, quase que arriscava a dizer que isto é... RIDICULO!
(Nem quero imaginar a resposta que o outro deu...)


OU


Também confesso, que existe uma certa mágia,
quando uma pessoa anda agasalhada porque está frio e de repente se ve uma rapariga de bermudas brancas e de socas...
É...
Algo muito especial...
Mágico!
Uma braçada amiga

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Março 2008

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031