Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"de que servem as palavras se a casa está deserta..."



Hoje,
Sentado neste puff,
Debito estas palavras,
Que me saem do coração.
Palavras soltas e sem sentido...
Mas também,
O que tem feito sentido nestes últimos tempos?
O que faz sentido numa vida que se esvaziou de sentido?
O que importa numa vida que já perdeu importância?
Nada!
Porque em mim existe apenas um enorme VAZIO.
Que em acompanha todos os dias, todas as horas.
Um vazio...
... de sentido!
... de sentimento!
... de justiça!
... de partilha!
... de gestos!
... de sonhos!
... de tudo!

Hoje,
Sinto a dor de cada minuto que passa,
Sinto a falta de cada gesto,
Sinto a falta de algo que me prenda,
Sinto a falta de aromas,
Sinto a falta de uma mão que me acaricie o rosto,
Sinto a falta de te ver «homenzinho» pequeno
Sinto a falta de um porto de abrigo
Sinto a falta daquilo que tenho e do que não tenho
Mas acima de tudo...
Sinto a falta do meu EU...

Que se mistura e se perde na imensidão deste Vazio...

Uma braçada amiga

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Fevereiro 2008

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
242526272829