Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

Porque bates tu?

Porque bates tu?
Por onde me queres levar?
Porque teimas em manter-me vivo?
Porquê?

Porque bates tu?
Se tudo à minha volta não faz sentido.
Se tudo o que tenho é o ar que respiro.
Se a dor de não o ter é maior que tudo.

Porque bates tu?
Se me arrasto nos caminhos.
Se nada me motiva.
Se nada me sustenta ou me prende.

Porque bates tu?
Porque teimas em erguer-me?
Porquê?

Olha para nós...
Tu que pulsas ai dentro...
Não vês?
Não sentes?

Então porque contínuas?
Não existem momentos.
Não existem dias.
Não existem horas.
Minutos ou segundos
Que eu me esqueça dele...

É esta saudade,
É esta melancolia,
É esta ausência,
É a falta de o ver crescer,
De o ver sorrir,
De estar com ele,
De o ver correr,
De sentir o seu abraço,
De ouvir a sua voz a chamar-me "pai".
De sentir o seu toque....
É isso que magoa-me!
Percebes?

Então...
Porque insistes tu em bater...
Porquê?

Não compreendes?
Não sentes?
Então para quê continuar?

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Novembro 2007

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930