Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

Hoje escrevo para ti...

Hoje és tu a razão do meu texto..
Tu, que eu não conheço, mas que o meu contador assinala a tua presença, neste espaço...
Tu, que por algum motivo ou acaso vieste aqui parar...
Tu, que lês aquilo que escrevo, mas que não conheço...
Tu, que comentas os meus textos e que me revelas um pouco da tua personalidade, da tua forma de pensar, de estar, de sentir...

TU!

Sim, é para ti que hoje escrevo...

Tu, que ousaste regressar depois de um primeiro contacto...

Tu, que no teu silencio concordas ou discordas com aquilo que escrevo...
Tu, que me fazes pensar no que "levas" quando sais deste blog...
Tu, que tens ajudado este espaço a crescer e espero que não seja só em número mas também em qualidade...

E por isso, hoje decidi escrever-te este post...
Porque a tua presença silenciosa deixa-me inquieto, preocupado e apreensivo... Afinal porque tu representas um bom desafio para mim.
Porque se aqui vens é porque procuras ou te identificas com algo, que inicialmente era só meu e que com a tua presença passou a ser nosso...
Porque me "obrigas" a dar o meu melhor em cada texto que partilho.
Por tudo isso e muito mais... O meu obrigado!

Uma braçada amiga

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Agosto 2007

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031