Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

Quando a vida nos prega partidas...


Ao longo da nossa vida, somos sujeitos às mais adversas e sugestivas propostas. E em todos estes momentos temos que pensar quem somos, o que queremos e para onde queremos ir.
A decisão nem sempre é uma resposta fácil de se entender, e nunca em nenhum momento largamos, de ânimo leve, aquilo que temos como sendo seguro.
Mesmo que em tantas situações essa suposta "segurança" esteja assente num monte de areia, onde a mínima dúvida, a mínima desilusão, a mínima dor, a destrói...

Porém, é nestes momentos que a vida nos pede que sejamos homens ou mulheres comprometidos com a nossa essência.
Que perante as adversidades saibamos arregaçar as mangas e "ir à luta", porque dos «fracos não reza a História».
E a nossa história é feita por nós em cada escolha, em cada minuto, em cada compromisso, em cada gesto sincero e humilde.
Pois a vida apenas te pede que sejas coerente e para isso é preciso ter força, coragem, inteligência, humildade.

Porque basta de homens e mulheres que falam, que escrevem, mas que as suas vidas são vazias de sentido;

Basta de homens e mulheres que ordenam, mas que o seu exemplo é nulo;

Basta de homens e mulheres que apenas sabem criticar, julgar e se escondem quando é o momento de trilhar um novo caminho ou abrir novos rumos.

Basta!

Porque a tua vida és tu e só tu que a podes viver, mesmo quando ela te prega partidas...

«Que a vida não passe por ti, mas que sejas tu a passar pela vida!»

Não percas mais tempo à espera de ver o que isto pode dar, porque és tu quem a constróis.

Uma braçada amiga

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Julho 2007

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031