Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

Felicidade...


Se hoje alguém te perguntasse, "és feliz?".

O que lhe dirias tu?

Que sim?

Que não?

Mas o que é a felicidade?

Que tesouro é este, que todos nós buscamos, mas que poucos de nós encontram?...

É tempo de parar e pensar, naquilo que realmente nos traz Felicidade...

Será uma felicidade momentânea?

Ou será uma felicidade completa, duradoura, totalizante?

Vivemos tempos em que o apelo ao consumismo é grande. Em que o dinheiro compra tudo ou quase tudo...
Tudo isto, sempre em nome de uma suposta felicidade... (que me parece a mim, ser uma felicidade momentânea...)

Bem sei, que o desafio/radicalismo da felicidade totalizante, é muitas vezes um enorme obstáculo, na busca ou no (re) encontro com esta felicidade.

Como diz o meu M.M.V. «Prometeram-nos a Felicidade, não a facilidade...».

Então penso nas vezes em que me deixei levar pelo facilitarismo?

Nas vezes, em que a critica foi mais fácil do que a compreensão...

Nas vezes, em que o juízo foi mais rápido e mortal do que a observação caridosa...

Nas vezes, em que me escondi por detrás de uma máscara e não tive a coragem de dizer pela frente tudo o que sentia e me magoava...

Nas vezes, em que o meu coração se fechou ao amor; ao meu amigo; por causa das minhas «verdadezinhas»...

Nas vezes, em que sofri de «Umbiguismo» em vez de sofrer de companheirismo...

Afinal, que felicidade busco eu?

Que felicidade buscas tu?

Não ando eu com os verdadeiros conceitos alterados?

Não andarás tu também?

Mas, hoje tal como ontem, uma nova esperança / oportunidade nos é dada.

O que vamos fazer?...

Uma braçada amiga

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Janeiro 2007

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031