Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

Ontem, hoje e sempre!

tumblr_o9t5qmiFrF1rjtx0ao1_1280.png

Há gente que carrega aos ombros o peso do Mundo.
Que se inclina mas que nunca se desequilibra.
Que sabe e que sente que é de joelhos sobre o solo que se tornam gigantes, do tamanho dos seus sonhos.
Que é no silêncio da noite que a sua fraqueza humana se revela.
Em cada lágrima que lhe toca o rosto.
Em cada "Porquê?" que lhe grita o seu Eu.
São escolhas que foram feitas.
Foram decisões que se tomaram.
Mas em todas elas existia, e existe, Amor.

E se há mundos tão pesados, há Homens de grande coragem!

Porque sabem que fazem o que podem, que pedem o que não podem, mas que desistir não é opção.

São Heróis silenciosos!

Onde?

tumblr_lubbhks7I81qcsdtvo1_500.jpg

Ai se te falta a coragem...

Onde ficariam os sonhos que tens em ti?
Onde existiria a felicidade de partilhar?
Onde coabitaria a força do abraço?
Onde brotaria a sinceridade do teu perdão?
Onde poderiamos encontrar a tua entrega e disponibilidade?
Onde estaria o teu amor?
Onde viveria o teu exemplo? A tua frontalidade? A tua aceitação?

Por isso te peço, que mesmo quando tens e sentes dificuldade em ver o melhor lado das situações, que tenhas a coragem de acreditar. Porque tantas vezes é só isso que precisamos de sentir, que alguém acredita!

E acreditar exige coragem!

 

É diferente!

colar-harry-potter-vira-tempo-hermione-a-pronta-en

Há dias em que tenho a noção que o tempo
não tem a mesma velocidade.
Em que a pressa de chegar,
não é igual à vontade de ir.

E eu percebo que os minutos
se dissipam por entre os momentos de ansiedade e de espera.
Custa compreender.
Custa aceitar.
Que afinal cada minuto tem uma intensidade diferente.

Que por muito que tenha urgência,
nunca ninguém terá a mesma que tu!
Por isso, respira fundo
e aceita isso!

Porque afinal o tempo é diferente de pessoa para pessoa!

 

Quebra as barreiras

broken-glass-in-the-dark-l.jpg

Sei que queres ter notícias minhas.
Saber a quem me dou,
com partilho as minhas gargalhadas,
o meu tempo.

Gostavas que te mostrasse os sonhos que realizei e os projetos que abracei.
Quem ficou e quem partiu.
Saberes como estão aqueles que te queriam bem.

Porém sei que te falta a coragem para perguntar.
É demasiado orgulho para ultrapassar.

São demasiados ses para contornar


Mas a verdade, é que ainda existe uma hora em que te perguntas por mim.
E que a resposta se faz de silêncio!

E ninguém sabe tanto de mim, como eu próprio.

Por isso, só existe um caminho...

Enche-te de coragem e pergunta! 

Quem?

vans-invisible-man.jpg

Quem foi que disse que os dias eram todos iguais?
Quem foi que disse que as horas têm todas a mesma duração?
Quem foi que disse que todos os sonhos se realizam?
Quem foi que disse que todas as histórias terminam com o "e foram felizes para sempre!"?
Quem foi que disse o Amor supera todos os obstáculos?
Quem foi que disse que esperar é uma virtude?
Quem foi que disse que a idade traz sabedoria e discernimento?
Quem foi que disse?

Não sei...

 

Free falling!

tumblr_inline_n9pe0simuX1sjaaj2.jpg

Só!
É assim que tantas vezes nos sentimos.
Sós!
Num mundo cheio de opções.
Numa vida preenchida de fugacidade.
Em que os sentimentos são intensos.
Onde a verdade é frágil.
Onde o TER "fica" melhor do que o SER.
Seduções.
Ilusões.
Mas no meio de tudo isto, cada um de nós é uma pequena ilha. Onde somos abandonados à sorte.
E por isso, não te iludas...
É na solidão que existimos e dela não fugimos.
Mesmo que tantas vezes, se tente calar a sua voz com o "barulho das luzes". 

Vamos à luta!

boxing-wallpaper-for-mobile-2.jpg

Há dias em que o cansaço toma conta de mim.
Deste corpo e desta mente.
Onde sucumbir ao desânimo e à frustração é demasiado fácil.
Onde ficar parece ser a única opção.
E é por entre as horas de luz fusca que o meu ser levita.
Com a maior das certezas, que aquilo que me segura é uma leve e ténue linha.
E é neste flutuar que tantas vezes me encontro. Que redescubro e me reinvento, convicto que mais vale partir que vergar.
E é com essa convicção que deixo esse estado e de mangas arregaçadas faço-me à luta.
Porque a vida não se gasta.
O que se gasta, é falta de se viver plenamente. 

Simplicidade!

ben-white-181778-1068x713.jpg

De coração aberto aceito o que não posso mudar.
Mesmo quando nesta aceitação existe mais sofrimento do que compreensão. Mas a vida ensinou-me que o tempo dos Homens não é o tempo de Deus.
E por muito que custe, aceitar o que não compreendo não é uma obrigação, mas é o caminho que se aceita fazer.

De braços aberto tento abraçar o mundo.
Mesmo quando sei que tantas vezes é o meu mundo aquele que não consigo abraçar.
Porque tantas vezes na necessidade de dar, acabo por me esquecer de mim.
E tantas vezes, não é egoísmo mas antes a vontade. Mas se fosse egoísmo, ainda assim seria perdoado. Porque ninguém dá o que não possui.

 

Eu sou!

a-tristeza-como-um-tapa.html.jpg

Sou de tempos que não cabem no tempo.
Onde não existem regras mas vontades.
E sentir é melhor do que fingir.

Sou de tempos que não cabem no tempo.
Onde cada momento absorve o melhor de mim.
E realizar é mais estimulante que assistir.

Sou de tempos modernos e antigos.
De vontade de hoje e de ontem.
De beijos demorados e rápidos.
De desejos fugazes e eternos.

Porque afinal eu sou mais do que tudo...
Intensidade!

 

Ainda não acabei....

idosos-amor.jpg

Vivi anos ao teu lado e ainda assim não foram suficientes.
Sussurei-te em cada amanhecer o quão grato eu era por acordar ao teu lado. E em cada beijo que te dava, colocava em silêncio o meu mundo. Pois sem ti ele não existia. Tu eras a sua guardiã!
Cada sorriso teu, iluminava cada sombra minha.
E as minhas dúvidas, tu transformaste em certezas.
Fizeste dos nossos sonhos, realidade.
E de mim o homem mais feliz do mundo.
Só tu me bastavas!
Só tu sabias que do alto da minha teimosia, eu era (e sou) um coração mole.
E quando tudo em mim era caos. Tu chegavas e em silêncio dizias-me: "Estou aqui"!
Abracei-te várias vezes com a vontade que o tempo parasse.
Mas ele nunca parou.
E levou-te de mim!
E eu ainda hoje espero que a porta se abra e me digas "já cheguei!"
Porque afinal eu ainda não acabei de te amar...

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Julho 2018

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031