Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

Tu!

aaaaa.jpgNão existiam horas vazias, porque as preenchíamos com o som das nossas gargalhadas
e cada contorno dos nossos corpos era percorrido com uma delicadeza singular.

E houve momentos em que nos faltaram as palavras, mas que existia a cumplicidade no olhar.
E nele colocávamos todo o nosso pensamento e ou sentimento de uma forma pura.

Não procurámos ser iguais a ninguém, mas sermos apenas únicos neste Mundo demasiado sério.
Pois aquilo que nos movia era a certeza de que nascemos para sermos FELIZES!

Cada música que escutávamos, marcava um momento na nossa história.
E essa história não era para ser perfeita, mas sim intensa e inesquecível.

E se a vida era feita de sonhos,
tu eras a concretização de todos eles.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Setembro 2016

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930