Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

Talvez seja só isso...

index.jpg

Há dias que custam mais do que outros.
Onde as notícias se sucedem em catadupa.
Onde o meu mundo não parece estar melhor do que o outro Mundo.
Vontade de fugir alicerçada numa obrigação de ficar.
Uma força que abandona o meu ser e se restabelece em cada inspirar.
Pensamento que se esgota em hipótese e que finda na constatação da realidade.
Resta esta certeza de que "o Mundo pula e avança como a bola colorida nas mãos de uma criança!".
E talvez a minha criança tenha só atirado a bola para o telhado do vizinho.

Reflexo!

index.jpg

Coragem!
Determinação!
Convicção!
Acredita!

São apenas exemplos de algumas das palavras com que somos "atropelados" nos vários momentos e situações da nossa vida.
E se em si existe uma mensagem de encorajamento, a verdade, é que elas também carregam a força do desapego.
A mensagem de que para se acreditar é preciso antes de mais nos libertarmos daqueles que são os nossos medos, as nossas mágoas, os nossos pensamentos.
Pois estão todos errados. Afinal, o caminho não se faz de olhos no que se passou ou no que se sentiu. Faz-se olhando para a frente.
Mas é errado.
Porque nós somos, o reflexo das histórias que vivemos, das pessoas com quem tivemos o privilégio de privar, dos sonhos que falharam, dos projectos que não foram concretizados. Por isso, quando te mandarem ires focado, vai. Mas sem nunca te esqueceres que não é negando ou apagando o teu passado que vais ser mais feliz. Ao invés, é indo de uma forma consciente do que és e do que viveste que vais saber onde deve estar e o que mereces.

Assim seja!

tumblr_lmg0a5CksD1qgqcy5o1_500.jpgPara onde vais?
Ainda existe uma palavra por dizer,
uma porta por fechar,
um sentimento por viver.
Uma atitude por se ter!

Porque vais?

Ainda não existe certeza no passo,
nem convicção na decisão!

Porque tomas essa decisão?
Se a dúvida te assola
e o medo te freia!

Diz-me o que mais posso fazer,
que não seja apenas respeitar a tua decisão.

Mas quero que saibas que não é permitido olhar para trás,
nem juntar o melhor dos dois mundos!
Vai com esta certeza:
A vida é feita de escolhas!

Por isso, coragem e determinação!

 

Só tu sabes!

forca.jpgTantas vezes é com um olhar perdido
que te encontro.

Tantas vezes é um sorriso disfarçado
que me ofereces.

Tantas vezes é com uma palavra meiga
que me abordas.

Tantas vezes é com uma dor intensa
que me recebes.

E se para lá do que vejo, conseguisse entender o que te vai na alma, talvez percebesse que no alto do teu 1.50m te tornas gigante.
Talvez compreendesse que só existe uma hipótese e desistir não é opção.
Talvez sentisse que na tua humildade nos ensinas a ser melhor cada dia.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Novembro 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930