Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ainda não acabei

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

"Quem lamenta as suas perdas, olha para os seus próprios pés. E quem olha para os seus pés, acha que o mundo é do tamanho dos seus passos." August Cury

Das pequenas coisas

9407e042ccba467b7fbdba0fdab9b906.jpg

Amar
não pode ser uma questão de sorte.
Nem tão pouco uma questão de timing.

Amar
Será sempre uma questão de sentir, de escolher, de querer.
Porque amar,
implica sentirmo-nos unos,
de saber que a fidelidade se escolhe e que abraçar quem nos ama é sem sombra de dúvidas, a nossa maior segurança.

Podemos achar que amar é fácil, que o Amor é coisa passageira.
Porém é mentira!
Porque o que torna este sentimento fácil e corriqueiro, é a necessidade humana de o banalizar, de o quantificar, de o comparar.

Mas para se amar, é preciso entender o que é o sentir.
O que significa viver e partilhar.
Porque na vida, aquele que não for fiel nas pequenas coisas, nunca será nas grandes!
E amar é o deus das pequenas coisas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sigam-me

Calendário

Março 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031